Na semana passada, contamos aqui no blog sobre a obra do Residencial Castanheiras, um projeto ecológico e muito especial que o Studio Tainá Rehder está tornando realidade. Hoje, vamos falar sobre as características internas e os diferenciais dessa casa em um terreno de 450,00m² de área total, 236,75m² de área construída.

Primeiramente, é importante frisar que este tipo de construção e projeção de casas mais amigáveis para o meio ambiente têm sido cada vez mais comuns. Muitas famílias têm vontade de causar menos impacto ao meio ambiente. A partir disso, todas a nossas escolhas, desde estrutura até a decoração são guiadas por estes preceitos de respeito à natureza e ao ambiente em geral.

Para começar, logo no primeiro ambiente da casa, há uma escada de concreto com cabos de aço, para servirem de proteção, ao invés de um corrimão comum. Neste mesmo andar, há uma área de TV para os filhos do casal, com uma área de leitura, bem confortável. O piso é um porcelanato que imita concreto e o teto é feito com laje painel, portanto não há nenhum encaixe para a iluminação com forro.

Toda a iluminação da casa é de LED, para continuar dentro do conceito sustentável. Ainda na sala, todos os dutos do teto serão aparentes para dar um toque industrial. As cores escolhidas para a decoração foram o azul e o amarelo, que são cores primárias e alegres. Os móveis serão feitos de alvenaria com MDF.

Em geral, o conceito da casa é o bem-estar da família. A preferência dos proprietários da casa por uma casa ecofriendly reflete em suas escolhas de material. A família gosta muito de texturas naturais, então o tapete é de fibras naturais e a porta foi produzida com madeira rústica, por exemplo. Na biblioteca, uma parte bastante importante na casa, a lâmina de madeira rústica também será utilizada. A ideia aqui é formar uma caixa de transição para a área da cozinha, por isso o piso e o teto serão feitos com ripas de madeira.

Nos banheiros, as pastilhas predominam. A escolha do Studio Tainá Rehder em conjunto com os proprietários para este material foram as pastilhas da marca Atlas, pois possuem um acabamento de borda arredondado, conhecida como cantoneira. A madeira também aparece nos banheiros, como o material predominante.

Na cozinha, o estilo escolhido é o industrial. Como o nosso cliente Jaksan gosta de cozinhar e de fazer experimentos gastronômicos na cozinha, este estilo prático facilita a limpeza, a organização e dá a amplitude desejada por eles. As prateleiras serão todas de inox e abertas. As cantoneiras voltam a aparecer na cozinha, no piso. Alguns dos armários serão feitos de alvenaria com portas de madeira. Na cozinha, o rodateto chama atenção, pois será feito com pastilhas coloridas. Ao contrário de muitas obras, esta não vai utilizar nenhuma pedra, por motivos ecológicos. No lugar, revestimentos, ladrilhos cerâmicos, pastilhas são as melhores opções.

Os quartos seguem as mesmas características da casa, porém bem aconchegantes e adequados às atividades preferidas da família, como a leitura. Um pedido especial dos clientes foi que os armários tivessem cortinas e não portas, para que o ar fluísse com mais facilidade. E assim foi feito.

Esta é a casa do Jaksan e da Alessandra, sonhada por eles e idealizada por nós.
Até a próxima semana com muita arquitetura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.