Pedras Naturais para Revestimento

Pedras naturais como opção de revestimento

Os revestimentos são as estruturas que compõem a camada mais externa dos pisos e paredes, sendo eles os principais responsáveis pela estética estrutural do ambiente. Existem inúmeros tipos de revestimento que você pode aplicar sob a alvenaria, como pastilhas e porcelanatos.

Entretanto, um dos conceitos mais utilizados atualmente no design arquitetônico consiste na utilização de pedras naturais como revestimento.

Natural e Sofisticado

Além de ser uma alternativa altamente sofisticada, as pedras conseguem transmitir um aspecto mais rústico e natural ao local aplicado.

Quer entender um pouco mais sobre como podemos utilizar as pedras naturais como revestimento?

Então venha já comigo!

Pedras naturais: o que são e como utilizá-las?

Como o próprio nome sugere, as pedras naturais são materiais de origem mineral que encontram-se diretamente na natureza.

Existem inúmeros tipos de pedras naturais disponíveis no mercado. A sua aplicação em um projeto arquitetônico consiste em alinhar tanto as propriedades físicas e mecânicas de cada material com o padrão estético do ambiente.

Tenha um arquiteto como seu aliado

É por este motivo que ao pensar em aplicar um material como este você deve, primeiramente, conversar com um profissional experiente no assunto. O arquiteto é a pessoa mais indicada para explicar as principais vantagens e desafios em obter as pedras como opção de revestimento.

Isto acontece, pois, existem princípios econômicos e técnicos para analisar. Os critérios econômicos estão voltados ao custo do material e a sua disponibilidade próxima ao local de utilização. Já quando falamos de critérios técnicos, estamos trabalhando sobre as características que o material possui que atendem às finalidades da aplicação pretendida.

Para isso, o seu arquiteto considerará questões como:

  • Resistência Mecânica;
  • Durabilidade;
  • Trabalhabilidade;
  • Padrão Estético.

A partir dessas análises, o arquiteto encarregado do seu projeto irá definir a opção que melhor se enquadre em sua relação de custo-benefício. Afinal, um material que só atende o padrão estético de uma construção está destinado, a longo ou curto prazo, a gerar altos custos no seu projeto de obra.

Quais são os tipos de pedras naturais mais utilizadas?

Pedra Miracema

Também conhecida como pedra de lajinha, a Miracema nada mais é que o granito em sua forma bruta. Este tipo de pedra ganhou muito reconhecimento pela sua durabilidade e fácil acesso, sendo qualificada como um dos revestimentos mais econômicos da categoria de pedras naturais.

Mármore

Consiste numa rocha metamórfica derivada do calcário. O mármore pode apresentar diversos tons no mercado, e é justamente este aspecto que influencia na sua precificação. Este tipo de pedra é largamente utilizado em pisos, bem como banheiros devido a sua resistência à variação de temperatura.

Pedra São Tomé

Também conhecida como canjiquinha, a pedra São Tomé tem uma boa resistência térmica, bem como alta porosidade. Ela faz parte da família dos quartzos que dependem do arenito em sua composição. Assim como o mármore, existem diversos modelos de pedras São Tomé disponíveis no mercado, tanto em tamanho como em cor. O melhor modelo para o seu projeto deve ser aquele que considere os gostos do cliente, mas também do conceito arquitetônico aplicado na obra.

Ardósia

Um dos modelos mais utilizados nos projetos arquitetônicos são as ardósias. Apesar de serem muito utilizadas em ambientes externos, este tipo de pedra natural também possui o seu valor em ambientes fechados. Ela pode ser encontrada tanto em sua forma bruta, como também polida.

Seixos

Conhecidos pelo seu formato arredondado, os seixos foram, durante muito tempo, utilizados na composição de revestimentos para áreas externas. Entretanto, seu design naturalmente polido ganhou espaço nos designs de interiores, sendo hoje também aplicados no revestimento de paredes de banheiros e outros ambientes.

Granito

Largamente aplicado tanto para revestimentos verticais, como em pisos, o granito é um tipo comum de rocha magmática, composto principalmente pelo quartzo, a mica e o feldspato. Este material foi evoluindo assim com o avanço das tecnologias e por isso, pode ser facilmente visto e manejado para aplicação em projetos arquitetônicos.

O efeito das Pedras Naturais

As pedras naturais são acessórios de destaque no design arquitetônico. Isto acontece, pois, devido ao seu aspecto diferente, as pedras naturais ganham destaque onde são aplicadas.

É por este motivo que a utilização das pedras exige a avaliação do profissional arquiteto. O excesso de revestimento neste tipo de material pode levar a um ambiente poluído e desarmônico, prejudicando inclusive o conforto dos usuários ao acessar o ambiente.

Além disso, é preciso escolher as pedras de acordo com a opinião dos donos da construção. Afinal, toda vez que realizamos um projeto arquitetônico, devemos estabelecer como raízes os desejos dos seus usuários.

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil para sanar as suas principais dúvidas acerca da utilização de pedras naturais no revestimento de ambientes. Caso você queira conhecer um pouco mais dos projetos desenvolvidos pelo Escritório de Arquitetura em Sorocaba: Studio Tainá Rehder com a utilização de pedras naturais, então basta acessar o nosso site.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

On Key

Mais em Blog